/ Minas Gerais, Tiradentes/ 16 comments

O Centro Histórico de Tiradentes é rico de opções: igrejas antigas, museus, galerias de arte, ruas fofas e arquitetura colorida. Por isso, é interessante mesmo bater perna, ir entrando e saindo das lojinhas, olhar o cardápio dos restaurantes sem ver a hora passar.
Visitar Tiradentes e seu Centro Histórico não pode ser com pressa, tem que ser curtido! Por isso fizemos um post só pra ele, para entrar nos detalhes! 

Como circular no Centro Histórico de Tiradentes?

A melhor maneira de conhecer o centro é a pé, mas você pode fazê-lo de charrete.  No Largo das Forras (a praça principal do centrinho), você vai encontrar uma fila delas esperando para te levarem para um passeio. Além das mais adultas e tradicionais, vimos algumas com o tema Frozen e Barbie. Apesar das crianças serem o público principal desse passeio, também vimos adultos usando o transporte!
O carro não é adequado para circular no centro. Se você estiver hospedado nele ou perto, aproveite para caminhar. Se estiver longe (existem pousadas charmosíssimas em Tiradentes que não ficam próximas ao seu centro), deixe o seu carro no centro ou perto dele e circule caminhando. As ruas ficam cheias de pessoas andando ou paradas tirando fotos.
Centro Histórico de Tiradentes!

As ruas de pedra do Centro Histórico de Tiradentes!

As calçadas são curtinhas, então todos andam no meio da rua mesmo. Além disso, muitas ruas são em pedra, em subida e sem vagas de estacionamento. Se você não encontrar vagas no centro ou próximo dele, existem estacionamentos pagos na região.
BIZÚ: meninas, os saltos não são necessários por lá! Vemos muito comum botas flat e tênis.
 …..
.. . .. …

Quanto tempo para conhecer o Centro Histórico de Tiradentes?

Depende de quantos museus você vai entrar, do tempo que você vai admirar as igrejas… Nós não tiramos um dia para correr todo o Centro Histórico, passeamos nele entre outros passeios, cafés da manhã, almoços e jantas (come-se tão bem por lá…  De qualquer forma, tudo pode ser visto em uma tarde ou, para os mais detalhistas, em um dia inteiro!
De qualquer forma, indicamos no post sobre Tiradentes, 2 dias inteiros para conhecer a cidade e seus arredores. O post é um guia para quem tem 2 dias. Tendo menos ou mais, você pode ir regulando seu tempo de acordo com as dicas. 
Veja também onde Comer Barato em Tiradentes.
……
O que ver e visitar no Centro Histórico de Tiradentes?
…….

IGREJAS ANTIGAS

……..
Para conhecer uma cidade histórica mineira, é quase obrigatório conhecer suas igrejas. São muitas na cidade, mas você também não precisa fazer uma romaria. Vou indicar algumas repletas de histórias e beleza.
…….

Igreja Matriz de Santo Antônio

…….

A mais famosa e imponente da cidade. Como ela fica no alto, é possível vê-la de qualquer lugar do centrinho. Eu já conhecia a fachada dela do Parque Mini Mundo em Gramado, mas fiz questão de conhecer por dentro também! Para entrar, paga-se uma taxa de R$ 5 reais por pessoa. 
A Matriz é a segunda em ouro no Brasil. Ou pelo menos é o que se acha. Existem histórias que dão conta que nem todo o ouro direcionado à obra da igreja foi utilizado lá. O que provaria isso, é que os adornos em ouro são finos, ou seja, se fossem feito com o tanto de ouro que disseram ter sido empregado nesta obra, os adornos todos teriam que ser muito maior e mais pesados.
Centro Histórico de Tiradentes!

Igreja Matriz de Santo Antônio

E para onde teria ido o restante do ouro? Muito provavelmente para a Coroa Portuguesa.
Ora, ora, obras públicas em que os governantes dizem gastar mais do que realmente investem nela e ficam com uma parte do orçamento. Alguém já ouviu falar nesse tipo de corrupção aqui no Brasil? Eu nunca! Rs
Voltando à visita, da frente da Matriz se tem uma visão das ruas do centrinho que mais parece uma pintura. O passeio é totalmente imperdível. E se você acredita, aproveita e pede para Santo Antônio resolver sua vida afetiva. Afinal, ele é ou não o santo casamenteiro?
……..

Santuário Santíssima Trindade

….

Subindo mais uns 10 mins a rua atrás da Matriz de Santo Antônio, você chega no Santuário Santíssima Trindade.  Apesar de ela não ficar aberta à visitação, acho que vale a pena um pulinho por ali. A subida não é nada pesada e o caminho segue aquele padrão de casas coloridas do centro, mas essas, impecáveis! Ficou a impressão de serem casas de veraneio ou de moradores com uma boa condição financeira. Centro Histórico de Tiradentes!
A igreja foi recentemente (Viagem feita em junho de 2018) reformada e eu achei muito charmosa. Suas fotos por lá serão fáceis, pois  quase não tem turistas.

Capela de São Francisco de Paula

Essa igreja fica do outro lado do Centro. Para chegar, basta subir a ladeira em frente à rodoviária. De lá, podemos ver a imponente Matriz de Santo Antônio abençoando essa cidade tão linda de viver!

Capela do Bom Jesus da Pobreza

Bem no Largo das Forras (a praça principal do centrinho) estava essa igrejinha típica com sua miniatura sempre presente nas lojas de artesanato local. Ela esteve fechada por todo o tempo que estivemos por lá.

Igreja Nossa Senhora do Rosário

Centro Histórico de Tiradentes

Igreja Nossa Senhora do Rosário

Essa igreja tem uma história de fé muito bonita. Foi construída por escravos que não podiam frequentar a mesma igreja que o restante da sociedade. Apesar ser triste, podemos ver toda a carga de preconceito que carregamos há séculos. Em seu interior encontramos dois santos negros.

Capela de Nossa Senhora das Mercês

Na “inicinho” do Centro Histórico, um pouco antes da ponte, essa é a igreja que eu lhe aconselho a procurar caso queira assistir à missa. Passamos por lá em dois dias diferentes em que a celebração estava acontecendo.

Outros Destaques de Igrejas no Centro Histórico de Tiradentes

Essas certamente não são as únicas igrejas da cidade, mas são exemplos de lugares que você pode conhecer. Em cada cantinho, cada esquina, encontramos capelinhas charmosas que demonstram o histórico de fé desse povo! São os Passos da Paixão de Cristo e totalizam 6.
Centro Histórico de Tiradentes

São 6 dessas espalhadas pelo Centro Histórico de Tiradentes!

Ainda tem a Capela de São João Evangelista, ao lado do Museu Padre Toledo
Está gostando do Centro Histórico? Não espere até conhecer o que mais você pode fazer em Tiradentes! Clique aqui!

MUSEUS

São 3 museus principais presentes no Centro Histórico de Tiradentes. 

Museu da Liturgia

Descendo a rua em frente à Matriz de Santo Antônio, mantenha à esquerda na Rua Jogo da Bola. No número 15, você chegará no museu da Liturgia. 
Passamos somente pelo Pátio, mas você pode entrar e conhecer um acervo de mais de 420 peças sacras dos séculos XVIII a XX, todas restauradas. 
O Museu da Liturgia também tem interatividade, pois conta com instalações audiovisuais e multimídia.

Casa de Padre Toledo

O museu Casa de Padre Toledo foi o que escolhemos para conhecer. Padre Toledo foi o padre local por muitos anos e recebia muitas pessoas em sua casa, muitos inconfidentes. Além disso, os primeiros cômodos de sua residência continham uma capela e uma área social que podia ser visitada pelo público em geral a qualquer momento. 
Centro Histórico de Tiradentes

Uma das salas mais bonitas

Talvez por essa importância histórica do Padre e de sua moradia, eu esperava uma carga histórica maior do museu. A arquitetura é linda, existe uma sala com uma pintura fantástica no teto, além de mobiliário histórico da época. Mas como eu contei, eu gosto de associar a história local à minha viagem e achei que o museu abordaria um pouco mais da inconfidência mineira em seus salões. Para isso, o Museu da Vale em BH foi muito mais informativo.

Museu Santana

O museu Santana fica na rua em frente à igreja Nossa Senhora do Rosário (aquela erguida por escravos!). Ele fica no prédio que já abrigou uma cadeia nos anos de 1730, destruída por um incêndio e reerguida 100 anos depois. Hoje, o prédio está todo moderno e coleciona imagens e referências a Nossa Senhora de Santana. 
O museu tem cerca de 300 imagens de Nossa Senhora de Santana, e tem acessibilidade para deficientes.
Se você se interessou, veja esse post com fotos e mais detalhes sobre o museu Santana!

ATELIÊS

Tanto Tiradentes quanto as suas vizinhas respiram arte. Todos esses trabalhos manuais na arquitetura das igrejas não formam só uma construção, formam obras de arte.
Acreditamos que, por isso, encontramos diversos ateliês em uma cidade tão pequena! São tantos ateliês que foi criado um roteiro. 
No Centro Histórico de Tiradentes, podemos encontrar alguns. Aqui, vamos listar alguns exemplos, mas existem outros tanto no Centro Histórico quanto nos bairros mais afastados.
O principal é o do Sergio Ramos. Eu fiquei encantada com as obras dele, mesmo não sendo muito entendida de artes… Não fotografei por motivos óbvios, mas indico muito a visita. O ateliê não é daqueles que nos dá vergonha de entrar (quem não entende muito de arte ou não tem dinheiro para investir): ele está lá, em frente à Matriz de Santo Antônio de portas e janelas escancaradas! As pessoas circulam o tempo todo.
Centro Histórico de Tiradentes

Jr e o ateliê!

O Ateliê Chico Ribeiro é mais focado em esculturas de cerâmica, bronze e outros materiais.

A Casa do Sino e o Café das Divinas são cafés-galerias, aonde se expõem algumas obras interessantes!  A Casa do Sino fica em frente à rodoviária e o Café das Divinas na rua dos inconfidentes.

Centro Histórico de Tiradentes

A fofa Casa do Sino

Por último, indicamos também o Ateliê Romer Rezende, na rua do chafariz.

RESTAURANTES, CAFÉS, BARES E BISTRÔS

Se você for à Minas Gerais e não comer e beber bem, estará cometendo um pecado! Volte ao tópico de igrejas ali em cima e escolha uma para pedir perdão!
Nós falamos e repetimos isso em vários dos nossos posts: não viajamos para comer nos restaurantes mais caros da cidade, pois a verba destinada às nossas viagens não nos permite! Mas mesmo assim, gostamos de aproveitar a noite e descobrir lugares bacanas a um preço bem legal!
Se você quer dicas legais de onde comer, tanto no Centro Histórico de Tiradentes quanto fora dele, veja nosso post!

LOJAS DE ARTESANATO

Andando pelas ruas é possível encontrar várias lojas de artesanato. As que mais gostamos ficavam na rua principal (Min Gabriel Passos), em frente à Rua da Cadeia e à Chocolateria Puro Cacao. Lá fica um centrinho com umas 5 ou 6 lojinhas, aonde achamos itens para casa, imãs, miniaturas, etc. O preço também era bem bom!
No largo da rodoviária também é possível encontrar esse tipo de lembrancinha. Ali sempre ficam umas barraquinhas montadas.

CHAFARIZ DE SÃO JOSÉ

O Chafariz de São José é um ponto turístico daqueles que dá pena. Sujo e mal cuidado, sabemos de sua importância histórica, mas ficamos tristes ao chegar lá. 
Centro Histórico de Tiradentes!

BATER PERNA

Além de tudo o que falamos, muitos lugares no Centro Histórico de Tiradentes têm algum significado, mas estão fechados ao público. O legal é mesmo bater perna e ir descobrindo cada cantinho desse paraíso.
Você tem mais alguma dica do Centro Histórico de Tiradentes? Deixe aqui nos Comentários!

16 Comments

  1. Tiradentes é uma cidade incrível, com muita coisa mesmo para se fazer no Centro Histórico. A única coisa que não fiz o passeio de charrete porque fiquei dó com dos bichinhos rs, mas deu pra conher muitas igrejas a pé mesmo. O bom é que o Centrinho é pequeninho e tudo pertinho, não é mesmo?
    Uma cidade tão calma que eu sempre penso em voltar! =)

    1. Também não fizemos o passeio de Charrete não, Maiara!
      É uma cidade deliciosa de se caminhar, né?

  2. Simplesmente minha predileta de todas as cidades históricas mineiras… sempre me perco lendo sobre viagens para lá e agora não foi diferente. Ótimo post, deu saudades de Tiradentes, suas igrejas e cafeterias

    1. Ainda não conhecemos as outras,mas amamos essa!

  3. O centro de Tiradentes parece que parou do tempo.. Super charmosa! Para quem gosta de igreja, definitivamente é o local para ser visitado! Hahahah Sem dúvidas é uma cidade que respira história e cultura. O post ficou ótimo!!

  4. Tiradentes é um máximo. Já fui e quero voltar sempre. Gosto muito de setar na praça, tomar uma cervejinha gelada e ficar vendo o momento turístico da cidade. As igrejas históricas me encantam. Realmente para bater perna tem que ser de sapato baixo devido às ladeiras e pedras. Ficou ótimo seu post. Parabéns!

    1. Haahah também adoramos observar o movimento bebendo algo!

  5. Adorei esse seu passeio por tiradentes! Me lembrou Olinda com as belas igrejas e as ruas parecidas. Você sabe quanto custa o passeio de charrete?

    1. A partir de R$ 40, Jaqueline!

  6. Há tempos tô para conhecer esse pedacinho de Minas, que local incrível né? O post está super detalhado e vai me ajudar muito. As fotos estão lindas! Achei muito bela a chafariz de São Francisco, rendeu uma magnifica foto! As capelinhas, cada um com ser charme e pelo que vejo, estão mega conservadas né? Adorei!

  7. Toda vez que leio uma matéria sobre Minas fico chateada comigo meso por não ter parado com mais calma pra conhecer esse estado.. Tiradentes tá na minha lista há tempos, e lendo aqui só aumentou minha vontade…

  8. Eu fui à Ouro Preto ano passado, mas acabei não indo à Tiradentes. É tudo tão lindo e gostoso né! Quero ir novamente com mais calma e conhecer todas as cidades históricas ali. Adorei todas as dicas dos pontos a serem visitados e gostei de saber que encontramos poucos turistas em alguns deles!!!

    1. Muuuito gostoso! Vale voltar quando o Butão der uma folga!!

  9. Gente essa cidade é Linda!! Eu já amo centros históricos e dessa cidade é ainda mais fofo e charmoso! adorei seu post e seguirei seu post na minha próxima viagem 🙂

    1. Mari, vê os outros posts do lugar, vale a pena!!

  10. Que cidadezinha mais charmosa, Tiradentes! Essa igreja de Santo Antonio é um ícone da cidade. Adorei as indicações do que fazer, me ajudaram muito!

O que você achou??